Retirada de aves de parque gera polêmica em Penápolis

Patos e gansos que se tornaram atração turística

Os patos e gansos que se tornaram atração turística em um parque às margens do córrego Santa Leonor, em Penápolis, estão com os dias contados. A Prefeitura notificou o proprietário na última sexta-feira (2) para que retire as aves no prazo de dez dias. Caso ele não cumpra a determinação, o município fará o recolhimento. Um possível destino para as aves é o Colégio Agrícola.

A medida atende requerimento da vereadora Ester Maria Sezalpino Mioto (PSD), que pediu cuidados sobre o assunto ao Executivo, visando evitar problemas com moradores próximos e pessoas que passam diariamente pelo local, além das próprias aves que, ao atravessarem a rua, acabam atropeladas pelos veículos.

O parque, que fica na avenida João Antônio de Castilho, no Residencial Fernanda, é ponto de referência para aqueles que buscam o espaço para a prática de atividades físicas, como caminhadas, e lazer para as crianças, principalmente depois que alguns moradores adotaram parte do local, oferecendo cuidados especiais com a jardinagem.

No documento, a parlamentar cita que, além dos riscos de transmissão de doenças e o perigo de causar acidentes, o Código de Postura do município proíbe a criação de animais em locais públicos. A seção 4, onde constam as medidas referentes aos animais, cita a “proibição de criação na zona urbana de aves e outros animais, como bovinos e suínos, além da proibição da permanência de animais soltos nas vias públicas ou locais de livre acesso ao público”, como ocorre no Parque Santa Leonor.

Fonte: Folha da Região – REGIÃO

%d blogueiros gostam disto: