6 segredos que os pilotos de avião nunca contam

Por mais acostumado que alguém seja, viajar de avião sempre deixa as pessoas com uma pontadinha de receio. Isso porque todos os procedimentos durante o voo, assim como métodos de segurança ensinados pela aeromoça antes da decolagem transmitem uma ideia de perigo e de que a situação toda pede muito respeito e cuidado.

O mais engraçado disso tudo é que toda essa reação que, involuntariamente, temos e o medo incontrolável que algumas pessoas sentem de voar são baseados apenas nas coisas que conhecemos superficialmente desse tipo de transporte. Hoje, por exemplo, você vai descobrir alguns detalhes sigilosos que a equipe de bordo e os pilotos de avião jamais contam para os passageiros, para evitar pânico ou por outros motivos variados.

Confira, abaixo, alguns segredos sobre os aviões que você deveria saber, mas que ninguém contaria a você:

6. O sinal do cinto de segurança quase sempre é esquecido

1

Dentre tantas tarefas mais vitais em um avião, alguns pilotos já confessaram que esquecem de ligar ou mesmo de desligar os sinais dos cintos de segurança. Então, melhor prestar atenção na aeromoça que confiar na orientação dessas luzinhas, não acha?

5. Turbulências nem sempre são os maiores perigos

2

A maior preocupação das pessoas, com certeza, são as áreas de turbulência, que vazem o avião chacoalhar intensamente. O grande problema, no entanto, está longe de serem essa tremedeira das aeronaves. A gente não tem consciência, mas os perigos mais representativos para quem está em um voo são os triviais pouso e decolagem! Conforme pilotos experientes, essas duas ações são as que mais requerem atenção dos que estão no comando, já que podem ser fatais.

4. Raios frequentemente atingem os aviões

5

Pelo menos uma vez no ano, todo avião em circulação diária sobre os efeitos de um raio. Essa é uma das coisas mais assustadoras da rotina dos pilotos que não são compartilhadas com os passageiros, até para não gerar pânico.

3. Evite o cafezinho 

3

Não vai ter nada fatal na sua xícara (ou copo descartável) de café, o grande problema mesmo é o sabor que o preparado vai ter. Isso porque a água potável dos aviões é tratada com produtos químicos contra a proliferação de bactérias e outros micro-organismo, que deixam um sabor nada agradável.

2. Não, os celulares ligados não fazem o avião cair!

7

Ao contrário do que todo mundo pensa e da mensagem que os comissários de bordo adoram passar, os celulares ligados no meio de um voo não fazem o avião cair. Aliás, em vários lugares do mundo (até mesmo algumas companhias brasileiras) estão liberando o uso de celulares e outros dispositivos durante as viagens. Aliás, a verdade é que até mesmo alguns pilotos usam seus aparelhos sempre que estão sem comunicação na aeronave.

1. Nada de dividir comida!

6

Piloto e co-piloto sempre recebem comida diferentes na hora das refeições e são terminantemente proibidos de dividi-las. Nem mesmo as guloseimas que carregam consigo podem ser compartilhadas. Quem entende do assunto explica que essa norma vale para prevenir que os dois responsáveis pela direção do avião passem mal juntos, caso algum alimento esteja estragado ou coisa parecida.

Fonte: 6 segredos que os pilotos de avião nunca contam – Segredos do Mundo

%d blogueiros gostam disto: